Sábado, 25 Janeiro 2020 12 +  RSS  Carta ao editor
Sábado, 25 Janeiro 2020 12 +  RSS  Carta ao editor
Trends
3:55, 01 Novembro 2018

É uma boa ideia recorrer ao reiki para dor de estômago?


É verdade que, em muitos casos, édifícil para a ciência paraestabelecer umaCausa específicaPara explicar o aparecimento dos problemas mais comuns relacionados ao estômago – e do sistema digestivo em geral. O desenvolvimento de distúrbios digestivos, como gases, diarréia, sensação de peso, constipação ou dor abdominal pode ser causada por muitos fatores que vão desde a mera arbitrariedade de ter comido um produto confuso razões mais fundamentais como o nosso estilo de vida ou a herança genéticaNo processo de diagnóstico de uma dor de estômago recorrente, muitas mulheres podem virar ao desespero e técnicas supostamente milagrosas, como reiki, embora em alguns casos eles são completamente bem – intencionada, não tem qualquer base médica.

A relação do reiki com a cura da dor de estômago

Quando oReikiE todos os tipos de técnicas alternativas para a própria ciência médica pode ter uma incisão maior está no estado emocional e psicológico dos pacientes próprias. Em muitos casos, alterações psicológicas encorajados por situações concretas em nossas vidas que nos causam estados nervosos ou estresse anormal pode ter no plano materialização física através de doenças como dores de estômago. Neste sentido, e desde que o reiki baseia o seu relativo sucesso na maior predisposição a uma sugestão positiva, não éa possibilidade de que estas técnicas conseguir aplacar essas fases de pressão extraordinária e indiretamente aliviar o desconforto abdominal que poderia ter desenvolvido.

Portanto, nos casos em que uma influência doEstresseTem sido capaz de desencadear doenças como as descritas, ou mesmo algumas mais importantes como a síndrome do intestino irritável, o reiki pode servir como uma terapia para paliação dos sintomas potencializada por esse estado mental.

Em uma situação ideal, recomendamos, mesmo na pior das hipóteses, recorrer a profissionaisMédicosQue possam estabelecer diagnósticos precisos sustentados pela tradição científica. Também a modificação de hábitos diários que podem ser tóxicos para o nosso corpo, para comer alimentos muito gordurosos, fumar, beber álcool, exceder a dose de cafeína, pode ajudar não só a remeter doenças estomacais, mas também a evitá-las.


2020 A revista da mulher