Sexta-feira, 22 Novembro 2019 12 +  RSS  Carta ao editor
Sexta-feira, 22 Novembro 2019 12 +  RSS  Carta ao editor
Trends
11:27, 15 Março 2018

Como evitar "comer" micróbios e parasitas de vegetais


O corpo é protegido por um sistema imunológico forte em que os cruzados são combatidos, muitas vezes somos apenas um campo de batalha silencioso, mas várias são as portas de entrada através das quais os micróbios podem contaminar nosso corpo. Um deles é a boca, onde além de comida, parasitas, vírus e bactérias podem causar várias doenças.

higiene contra micróbios e parasitas de verduras
Isso pode ser evitado se incorporarmos medidas higiênicas em nossa rotina, como garantir a segurança da água potável. Em muitos lugares, costuma-se consumir água engarrafada; em outros, há aquedutos que processam o líquido que chega À torneira e a torna potável, mas, em qualquer dúvida, é melhor fervê-la por dez minutos.

Essa medida também é recomendada sempre que houver situações climáticas, de guerra ou outras emergências que possam comprometer a qualidade da água potável.

Outra ação simples e altamente preventiva é lavar as mãos depois de ir ao banheiro e antes de comer. Água e sabão carregam a enorme quantidade de microorganismos que se acumulam na pele de nossas mãos e unhas, que nós levamos À nossa boca várias dezenas de vezes por dia.

Parasitas em vegetais

Legumes, altamente recomendados na dieta diária, podem ser portadores de parasitas que se alojam em nosso sistema digestivo e causam várias doenças, incluindo diarréia, perigosas especialmente em crianças e idosos. Basta lavá-los com abundante água corrente para evitar males subsequentes.

O cozimento dos alimentos que consumimos é outra ação preventiva. É verdade que alguns pratos da nossa dieta exigem pouco tempo para o fogo, como legumes, frutos do mar e alguns legumes, mas, ao contrário do gosto de muitas pessoas, não é saudável consumir carne vermelha "de um lado para outro".

O perigo não está apenas na doença da "vaca louca" que devastou a Europa há alguns anos e cujo germe resiste a altas temperaturas, mas em vários parasitas intestinais que vivem naqueles bovinos, ovinos, caprinos, etc., e que podem poluir seres humanos.

Outra medida preventiva é manter a higiene oral adequada (escovar após cada refeição e usar o fio dental pelo menos uma vez por dia) e ir ao especialista pelo menos duas vezes por ano para uma limpeza completa.


2019 A revista da mulher