Segunda-feira, 16 Setembro 2019 12 +  RSS  Carta ao editor
Segunda-feira, 16 Setembro 2019 12 +  RSS  Carta ao editor
Trends
3:33, 19 Agosto 2019

Supervisão médica em uma dieta de desintoxicação


Para melhorar nossa saúde, além de ostentar uma figura definida e magra, especialmente diante das boas temperaturas que acompanham os meses de verão, nos deixamos seduzir por regimes milagrosos como dietas de desintoxicação, muito em voga. nos últimos tempos tanto mídia digital quanto publicações impressas.

No entanto, longe de fornecer benefícios que são saudáveis ​​para o nosso corpo, o mais comum é que ocorra o efeito oposto. Dessa forma, dados os riscos que podem ser assumidos com os regimes depurativos, a supervisão especializada torna-se absolutamente necessária.

A importância de um médico em um plano de desintoxicação

Dietas de desintoxicação são rotinas dietéticas que têm como principal objetivo a capacidade de eliminar todas as toxinas que se acumulam desnecessariamente em todos os órgãos que compõem o sistema digestivo. No entanto, a enorme restrição À qual as mulheres que as realizam podem gerar problemas de saúde contínuos.

Os médicos advertem a esse respeito que regimes depurativos dispensam muitos macronutrientes essenciais para o desenvolvimento da atividade humana, minimizando o consumo quase exclusivo de frutas e hortaliças.

Uma supervisão médica de uma dieta, seja desintoxicante ou não, não permitiria que o consumo diário de carboidratos fosse inferior a metade do que foi consumido ao longo do dia.

Nesse aspecto, as rotinas alimentares purificadoras não incluem esses nutrientes entre os alimentos permitidos, apesar de possuírem inúmeras propriedades benéficas para a saúde do organismo, como, por exemplo, a contribuição de energia necessária para realizar todas as atividades diárias.

Um especialista em nutrição pode definir especificamente um plano alimentar com base nos objetivos que propusemos, seja o mero desbaste ou o fortalecimento do trabalho de purificação dos órgãos responsáveis ​​por essa tarefa. Nesse sentido, nos certificaremos de que faremos um plano alimentar que seja saudável e equilibrado e, portanto, não gere nenhum problema a curto ou médio prazo.


2019 A revista da mulher