Quarta-feira, 29 Janeiro 2020 12 +  RSS  Carta ao editor
Quarta-feira, 29 Janeiro 2020 12 +  RSS  Carta ao editor
Trends
21:26, 16 Agosto 2018

História de amor entre irmãos: sempre juntos


Manuel viu como sua irmã Sara estava desaparecendo e ele não podia fazer nada para impedi-lo. Ou eu não sabia. Eu estava procurando a fórmula para afastá-la daquele homem tóxico com quem ela acreditava estar vivendo uma linda história de amor, quando na verdade ela estava totalmente envolvida em uma história de horror. Como ajudar sua irmã?

Deficiências afetivas na família

Seus pais haviam dado sua aprovação ao relacionamento de Sara porque desaprovavam totalmente o comportamento sentimental de sua filha antes que o homem aparecesse em sua vida. Até então, Sara tinha vivido relações esporádicas que nunca terminaram. E finalmente ele encontrou um homem que a abraçou. Isto é o que seus pais viram.

No entanto, seu irmão Manuel viu algo muito diferente. Sara vivia em um relacionamento tóxico, mais uma vez, o que não era mais do que o resultado daquelas deficiências emocionais que se arrastavam desde a infância. Ele tivera sorte, encontrara uma mulher que lhe ensinara a amar. Mas sua irmã não apenas encontra seu lugar no amor.

Sara estava tão cansada de acumular rupturas, Sara se sentiu tão culpada por não conseguir manter um parceiro estável, Sara sabia que seus pais nunca se orgulhariam dela. Então, quando ele conheceu aquele homem, ele pensou que poderia finalmente reproduzir o esquema de seus pais. Talvez seja assim que eles se sentiam orgulhosos dela. Talvez seja assim que a culpa que a mortificava desapareceria.

O amor de um irmão

E, de fato, seus pais ficaram muito orgulhosos. Um homem como deveria ser, forte, determinado, confiante, capaz. Mas Manuel viu que a força daquele homem residia em sua agressividade, que ele estava determinado a controlar a vida de sua irmã, que sua segurança era reforçada na forma de violência e que ele era muito capaz de transformar sua irmã em uma companhia preciosa e dócil. servo

Alguns meses depois de iniciar o relacionamento, Sara deixou o emprego para ajudar nos negócios do homem que agora era seu parceiro estável. Ele também deixou as aulas de violino porque não tinha tempo para fazer bobagens. E ele também vendeu o violino porque precisava de mais dinheiro. Alguns meses após o início do relacionamento, Sara parou de comer aos sábados na casa do irmão, quebrando uma tradição que durou anos e reforçou a união e o amor dos irmãos.

Manuel viu claramente a peça. Ele não ia deixar a irmã ficar sozinha, ele não ia deixá-la desaparecer. Então era ele quem ia comer na casa da irmã. Ele escondeu a náusea que o homem produzia e ia todos os sábados. Foi um sábado quando tudo mudou. Manuel chegou À casa de sua irmã e viu os golpes por todo o corpo. Não houve perguntas. Manuel preparou as malas para Sara e levou-a para casa. Eu começaria uma nova vida, mas não faria sozinho.


2020 A revista da mulher