Terça-feira, 17 Setembro 2019 12 +  RSS  Carta ao editor
Terça-feira, 17 Setembro 2019 12 +  RSS  Carta ao editor
Trends
10:22, 29 Julho 2018

Espargos selvagens diminui o colesterol


Um grupo de pesquisadores da Universidade de Sevilha mostrou que os espargos silvestres diminuem os níveis negativos de colesterol – LDL – e aumentam seus níveis positivos – HDL-. Estes são os resultados do projeto realizado pela equipe de pesquisa de Plantas Medicinais do Hispalense, dirigida pela professora María Dolores García Giménez, que avalia as propriedades funcionais desses espargos.

Espargos melhora a qualidade de vida

Segundo García Giménez explicou, esse alimento fornece nutrientes e moléculas que exercem um "efeito benéfico" sobre o corpo, ajuda a prevenir doenças e melhora a qualidade de vida. O professor acrescentou ainda que os aspargos silvestres fornecem "muito poucas calorias", são "ricos" em água e têm um alto teor de fibras. Para o estudo, cientistas usaram aspargos da cidade de Huétor-Tájar, em Granada, e testaram vários de seus compostos em ratos Wistar. com um peso aproximado de 150 gramas cada. García Giménez recomendou a incorporação nas dietas desses espargos, por sua "propriedade de regulação dos níveis lipídicos" e "estresse oxidativo" em condições de alto nível de colesterol no sangue (hipercolesterolemia).


2019 A revista da mulher