Quarta-feira, 29 Janeiro 2020 12 +  RSS  Carta ao editor
Quarta-feira, 29 Janeiro 2020 12 +  RSS  Carta ao editor
Trends
9:13, 16 Março 2019

Dietas de desintoxicação e vitaminas: limpe seu corpo


Dietas de desintoxicação são planos nutricionais que supostamente nos ajudam a perder peso e volume, eliminar o excesso de líquidos acumulados e, consequentemente, as toxinas que foram depositadas nos órgãos que compõem o sistema digestivo. Outras funções consistem em equilibrar os níveis de colesterol e triglicérides no sangue após um período de excesso de alimentos, além de descongestionar o fígado e efetivamente melhorar os processos digestivos. Tudo isso é feito restringindo inúmeros nutrientes, baseando a dieta apenas na ingestão de vegetais e frutas.

Contribuição de vitamina de dietas de desintoxicação

A realidade é que, embora os proponentes de dietas de desintoxicação afirmam que a contribuição vitamina concedida pelo consumo massivo de frutas e legumes serve para compensar os regimes mais rigorosos tônicos não cumprem as premissas básicas que caracterizam qualquer dieta saudável. Assim, sempre seguindo o conselho de profissionais de nutrição, alguns horários tão altamente desequilibradas não deve ser prolongado para além de dois dias, muitas vitaminas que fornecem sucos de desintoxicação ou smoothies.

A ingestão de vitaminas dependerá sempre no tipo de frutas e legumes para ser incluído na dieta de desintoxicação específica que realizamos. Em geral, podemos dizer que em frutas enfatiza o conteúdo de vitamina C, especialmente citrinos, melões, morangos, frutas tropicais – e – groselhas, vitamina A – melocotón, melão, damascos e – higos grupo B cerezas – e outros, grapefruit, laranjas e damascos.

Por outro lado, os vegetais são a principal fonte de vitaminas A – vermelho e amarelo – e vitamina C – verde -. Desta forma, vegetais com alto componente de vitamina A são cenouras, tomates, espinafre, pimentão vermelho, acelga e alface. As hortaliças com grande contribuição em vitamina C são o pimentão verde, o espinafre, a salsinha, a couve-flor, o repolho e a abobrinha. Da mesma forma, para se livrar das dúvidas, antes de iniciar qualquer rotina alimentar deste tipo é pertinente consultar estas questões com um profissional de nutrição.


2020 A revista da mulher