Terça-feira, 18 Junho 2019 12 +  RSS  Carta ao editor
Terça-feira, 18 Junho 2019 12 +  RSS  Carta ao editor
Trends
23:30, 10 Janeiro 2018

Cuidados com a pele do pescoço: evita a flacidez


Os especialistas em estética insistem continuamente na ideia de que o rosto não termina no queixo, mas que a pele do pescoço é precisamente uma das áreas mais delicadas do nosso corpo e, portanto, devemos prestar especial atenção a ele. O problema fundamental é que normalmente não reparamos nessa área até que os efeitos da idade se tornem mais do que óbvios, tendo evitado qualquer acesso a tratamentos preventivos. A pele do pescoço tem menor quantidade de células sebáceas, menor densidade de fibras conjuntivas e pouco tecido adiposo, por isso tende a flacidez contínua.

Formas de cuidar adequadamente da pele do pescoço

Um dos maiores problemas relacionados À pele do pescoço é geralmente o queixo duplo, um excesso de gordura que progressivamente se deslocou para se acumular na área mencionada. Essa anomalia pode aparecer devido a um excesso de peso ou problemas genéticos, então teremos que prestar uma atenção especial se a sofrermos, pois com a idade ela tende a acentuar ao perder firmeza, o que, em suma, pode degenerar em excesso de pendurar couro. O queixo duplo pode ser tratado com produtos cosméticos específicos – especialmente a celulite, muito mais eficaz do que os hidratantes para usar – ou com exercícios destinados a tonificar a área.

Devemos levar em conta que o pescoço temos que tratá-lo da mesma maneira que fazemos com o rosto. Portanto, devemos seguir alguns passos básicos em qualquer tratamento estético, como remover a maquiagem, usar um tônico para equilibrar o pH e aplicar um bom hidratante específico para o nosso tipo de pele. Essas etapas são realmente importantes, pois a derme do pescoço tem uma tendência acentuada para secar mais do que o resto do corpo.

Tal como acontece com a pele ao redor dos olhos, uma área tão delicada como o pescoço mostra a passagem do tempo com uma velocidade que tende a nos dar muito pouca alegria. Dada esta situação, podemos ter de recorrer antes do tempo a tratamentos que incorporem produtos reafirmantes ou com efeito lifting, para que possamos evitar que os sinais de envelhecimento causem trauma excessivo.


2019 A revista da mulher